Textos


Dueto: Vento/Outros ventos / Denise Rosa/ Edvaldo Rosa


Vento...


Eu preciso de ti, oh! Vento

que por muitas vezes refrescou

meu corpo ardente,

Eu desejo encontrá-lo

eu preciso sentí-lo,

Falta-me o ar...

Tú tens que chegar e soprar e soprar

Devolver-me a vida

fazer-me respirar...

Eu preciso de ti, oh! Vento

para eu poder balançar

e num frenético movimento

leve e solta dançar...

Quero que esvoaces meus cabelos

e que levantes a minha saia

desejo em ti me suavizar!

Preciso que chegues

Imploro que venhas

me amar!


Denise Rosa

Poetisa Metroviária




Outros Ventos...


Que venham outros ventos

o ar de meus pulmões renovar...

Respiro solidão e tristezas

pesos que me fazem chorar!

Que venham outros aromas,

acariciar-me o olfato,

para que com tato e carinho,

me envolvam e me libertem de meus medos,

e das assombrações de antigos fantasmas...

Que venham outros ventos...

Com furia que a tudo possa movimentar...

Que retirem meus pés do atoleiro,

das tristezas em que me vejo afundar...

Que me tragam outros companheiros

caminheiros que meus passos possam acompanhar!

Outros ventos...

Outros sonhos...

Outros desejos!

Que me envolva outros tempos...

Antes que só me reste,

por sina ou por sorte

definhar!


Edvaldo Rosa

03/12/2007

WWW.SACPAIXAO.NET

 

Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 03/12/2007


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr