Textos

Despida!





Noite tu desnuda,
Abraça o dia e o afoga!
Domina, mártir, valorosa,
Sonhada, noite de outrora,
Enquanto, ora, passa dia e passa as horas,
Noite e dia!
Um a afogar o outro,
Indiferentes a terra,
Sobre a qual se apóiam despercebidas,
As almas que sob o sol e o céu,
Mutila-se, se matam e se imolam,
Após os crepúsculos dos dias,
De tantas fatídicas, fadadas auroras...


16/04/83
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 22/10/2005


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr