Textos

Cheguei a pouco...
Cheguei a pouco
De nosso encontro na madrugada,
Mas segui trôpego desorientado...
Segui cego pelos caminhos,
Já sinto saudades, mas não posso voltar...
Meus olhos querida estão ai do teu lado,
Presos a ti condenando-me a vagar sem luz!
Solta-os para que me posam guiar,
Solta-os para que eu possa voltar!

08/12/1985
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 22/10/2005


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr