Textos


NÃO RETIRE O MEL DA MINHA BOCA...

Não, não retire o mel de minha boca,
Antes, sinta o perfume que exala teus cabelos,
enquanto tua face repousa ainda sobre o meu dorso,
tão macia, diante da aspereza de meus pelos...
Sinta antes de dizer algo que se arrependa,
como pulsa meu peito, e o meu coração contido nele...
Como estão eriçados os meus pelos,
e como meu corpo todo suado, acridoce
ainda marcado pelos teus beijos...
Murmura ou silencia! Rogo!
Pois o amar da gente, fala bem mais, e mais evidência,
enquanto desnudando nossos corpos,
põe a mostra a alma da gente,
que nosso amor nem é mentira, tão pouco fantasia!

Edvaldo Rosa
www.sacpaixao.net
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 14/03/2016


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr