Textos

Bebericar...

Bebericar em seus lábios,
É sentir novos sabores,
A cada beijo dado;
Como se nunca tivesse antes beijado!
Ardores a me percorrer o corpo,
Como se dantes,
Outro corpo nunca houvesse amado!
Os abraços,
Nunca os sentira, tão apertados...
Nós tão difíceis de serem desatados!
Ah! Quanta brandura em tuas palavras,
-balsamo para as minhas chagas!
E pouco a pouco fui ficando a teu lado,
Nem sentindo o tempo escorrer por entre
os meus dedos!
-Que tempo, que nada...
Entre os meus dedos, somente as madeixas,
de seus cabelos...
Fios de ouro, a adornar a face da pessoa amada!
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 26/09/2005


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr