Textos


AINDA NEM DESFIZ AS MALAS...

Finalmente sinto o perfume quente
que o meu corpo exala!
De certo estava morto ontem,
E anteriormente...
E meus sentidos nem me notavam,
Estava com a mente (des) ligada:
Tudo rotinas, todo estradas.
Só agora chego a sentir o perfume
do sabonete verde de camomila...
Só pode ser dela;
não deitei lavanda na cara...
A barba esta mal feita,
ainda nem desfiz as malas!

Edvaldo Rosa
13/10/2013
www.sacpaixao.net
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 30/06/2014
Alterado em 30/06/2014


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr