Textos

Águas do passado!
Saídos das águas do passado,
Somos espectros dum por vir...
Somos esboço de um Deus moço,
Que nos fez surgir!
Saídos das cinzas do passado,
Qual fênix das chamas saída,
Estamos aqui!
Mãe e filho,
A querer existir...
Ao abrir os olhos d’alma,
Ao ver toda a beleza,
Toda a agudeza,
Dessa fênix surgida, em nós,
Consciente de existir...
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 28/08/2005


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr