Textos

A cada passo...
O que deixo a cada passo?
Marcas tênues, nos espaços de existir,
Ecos a lembrar estadas,
Estradas, para os braços de hipotéticas amadas?
O que fica a cada instante,
Em que vibrei o meu ego e minha alma,
Que chorei e sorri,
Enquanto o tempo escorria entre meus dedos,
Ante a mim...
O que levo comigo agora,
Lembranças quentes e frias de auroras,
Em que despido me vesti e parti!
O que levo comigo agora,
Pó apenas pó,
De lembranças antigas,
Que de tão presente em mim,
Querem rebater a sanidade minha,
Lembranças é só isso que levo agora?
Sonhos, que sonhos...
Que por vir?



19/07/85
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 28/08/2005


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr