Textos


DIÁLOGO II...

Diálogo II ...

Você transforma o lusco-fusco das noites de nossa cama,
Na solidão solar dos teus dias!
Só, vive a vida tão somente tua,
Esquecido, esquecendo-se da minha!
Já não murmura em meus ouvidos,
Vestido apenas com meus cabelos...
Não sorve do meu pescoço, o seu olor!
Nem meus lábios, beija com despudor,
Nem em meu colo, deita o cansado rosto,
Nem busca dos meus seios, famélico, o sabor!
Você não se enlaça em meus braços,
Nem me beija o umbigo,
Nem peca, junto comigo, nem por desejo, nem por amor!
O que tem de errado com a gente,
Que torna a nossa vida assim tão crua?
A minha vida está tão nua! - Não sinto nem a sombra da tua!
O que tem de errado comigo?
O que foi feito de nosso grande amor?
Somos mais, um noite, o outro dia,
Que mal se encontram em tardes esmaecidas...
Sem receber do destino, outro destino como favor!
Existe outra em tua vida.
Você tem um outro amor.

Edvaldo Rosa
www.sacpaixao.net
20/06/2012
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 19/10/2012


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr