Textos


DIÁLOGO...


Fostes sempre o meu melhor espelho,
que sem marcas do tempo, melhor me refletia:
Não havia tantos medos!
E os nossos dedos eram elos inquebrantáveis...
Nossos passos, tinham no espaço, um só destino!
Senti-me tão feliz e finalmente tão vivo, então contigo.
Procurei em ti proteção,
dei-lhe abrigo!
Mas, quão mistérios tem o destino;
quando pensava que íamos seguindo,
eu ia, você vinha vindo!
Nossos passos, tornaram-se descompassos,
e os espaços, abismos!
Criar pontes, fomos nos esquecendo...
Você, o meu espelho, ainda existe, ao tempo resiste, tão lindo...
Mas, já não me reflete exatamente!
A imagem que vejo, é de algum perdido...
Amar-te?
Amo-te ainda!
Amo agora!
Mas, é outra a hora, tecida pelo destino...
Não há nada de errado com a gente,
somos apenas diferentes, tão somente...
Estranhando nossos passos, na mesma estrada,
Unidos por uma só torrente,
por um destino ao qual parecemos indiferentes...
-Como se o que outrora vi por ti refletido, e no que cri,
não fosse o teu desejo mais intimo!
- Nem hoje! Nem ontem!


Edvaldo Rosa
www.sacpaixao.net
20/06/2012






Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 17/10/2012


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr