Textos


* Menina Marina!


Homenagem a neta de Luíza Moreira, Marina.


Linda! Como o mar, como a vida!
A menina Marina... A Marina menina!
Sopro de vida!
A menina Marina... A menina Marina...
É bem mais:
É sonho que se solidifica!
A menina Marina! A Marina menina!
É amor que se corporifica!
A menina Marina!
É chama, que clama por iluminar...
A menina Marina...
Que ilumina, sem o saber...
Que acalora, enquanto sente-se acalorar!
A menina Marina! A Marina menina!
Pequeno fruto duma semente de amor,
Nascida, germinada, guardada, aguardada...
A menina Marina...
Marina, menina, tão amada!
Ainda pequena vaga...
Ainda um tiquinho d'água...
A menina Marina, a Marina menina,
Que traz em sí o próprio mar!

Edvaldo Rosa
www.sacpaixao.net
02/09/2012

* Esta poesia faz parte da Antologia Destaque na Poesia em 2012, org. por Raimundo Nonato, All Print Editora, SP, 2012


Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 02/09/2012
Alterado em 19/09/2014


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr