Textos


Travessia...
 
Estou prestes a morrer e não pronto!
Tudo o que me definia como ser,
Não basta para entender-me neste momento...
Duro é saber, que muito do meu esforço,
Foi tão pouco... O que me assusta e causa espanto!
Não consegui ater-me ás minhas próprias crenças...
Ao modo auto imposto de como viver!
Os passos no caminho trouxeram as tais diferenças...
- Desejar é bem diferente de ter!
Neste momento não tenho certezas,
Sinto tristezas que me provocam o pranto...
Com olhos vagos, olho um abismo se abrindo sob meus pés... Tão largo!
Estou prestes a nascer, tão outro, e não pronto!
Estranho o estranho que me olha fixo no reflexo do espelho...
Imagino o que vai ser, sem bem o saber!
Esta difícil travessia será que se apresenta também para você?
 
Edvaldo Rosa
31/10/2011
www.sacpaixao.net
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 31/10/2011


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr