Textos


Tropeços... *
 
Tem momentos que me vejo sem forças, e no começo!
Tem horas que os passos estão incertos...
E doem meus pés, e os seus dedos...
Tem horas que novas histórias somam-se á minha!
E sorrio de alegria,
Triste, choro!
E entre idas e vindas, tenho tropeçado...
Penso estar tudo acabado!
Ledo engano!
Cada tropeço é uma lembrança de que caminho,
E que a estrada nem sempre já esta pavimentada,
E que existem desníveis e buracos fortuitos...
Tropeços são um tomar ciência de falhas, de medos, inseguranças...
Mas é tão bom que existam tropeços na caminhada:
Dão o mote para que as esperanças sejam renovadas...
O caminho é sempre, bem mais longo do que imaginado...
- Estamos sempre no começo da jornada!
 

Edvaldo Rosa
21/10/2011
www.sacpaixao.net

* Poesia inspirada na poesia "Tropeços" de Ilka Bosse "Bailarina das Letras"
membro efetivo da AVSPE

* Formatação da ilustração de Safira Saldanha
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 21/10/2011
Alterado em 20/11/2011


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr