Textos


Em vez do luxo
de um vestido parisiense
visto-te apenas
com a fumaça do meu cigarro.

Maiakovski

Contrasenso!

Despida das vestes,
dos pudores,
acalorada por nosso amor,
passas na minha frente,
brincando com as madeixas dos cabelos,
cheios de meus beijos,
dados enquanto o seu perfume,
inflamava meus instintos...
Mãos espalmadas a guardar os seios,
fruta guardada por estes dedos, estas garras,
que ainda a pouco me arranhava o peito!
Teus olhos em chamas,
espargindo luz e encantamento,
são duas estrelas,
arrancadas do firmamento!
É findo o amar...
Momentos lindos!
Quiserá poder te vestir de majestade,
adornar-te com esmero!
Visto-te apenas com a fumaça de meu cigarro,
que trago ainda em desespero!
Contracenso: Deixaste-me sem ar!

Edvaldo Rosa
14/10/2006
WWW.SACPAIXAO.NET
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 14/10/2006
Alterado em 14/10/2006


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr