Textos


Acrósticos em homenagem ao dia do poeta.


José R Assumpção - Giba ( alcunha nobre )

I

Deixe-me solto para
Inovar o pensamento
Adormecendo os receios.

Desperto os anseios quando
Ouço o sentir.

Parar causa dano irreparável.
O dom insaciável carece de
Esperança para cantar alto
Tanta energia em palavras
Antes que desapareçam...

JRA (o poeta da verdade).




Edvaldo Rosa

II 

Deixem a liberdade do sonhar,
Impulsionar as suas próprias vidas, e as nossas,
Até onde possam chegar!
 
Despertem dos medos e dos receios, os sentidos adormecidos,
Ouvindo a voz de suas próprias almas... E das nossas!
 
Parar o murmúrio dessa voz será ruína, trará desalento!
O fim de tudo que se preza...
E é de esperança o tom da voz que murmura, no silêncio
Traz consigo outras vozes de consciências despertas!
Age rápido, não deixe que apenas os poetas respondam a este chamamento!
 
Edvaldo Rosa
20/10/10
www.sacpaixao.net
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 20/10/2010
Alterado em 24/11/2010


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr