Textos


ANTES DO DIA DOS PAIS...
 
Estes meus dias, já nem tão iguais,
Faltam os braços de meu pai,
Seu olhar, sua voz...
Estou tão só! Só até por demais...
Vou procurando nas lembranças em meu ser,
A força daqueles abraços dados,
O calor das caricias ofertadas,
O olhar fixo, penetrante e calmo, de meu pai...
Vou tentando dar aos meus filhos, o que me foi dado!
Não sinto ter conseguido...
Creio ter ao menos tentado!
Estes meus dias, já nem tanto iguais...
Não entendem a minha procura,
Nem os meus cuidados...
Neste dia dos pais, estou sozinho, num canto largado...
Deixando meus olhos aos prantos,
Pelo que me foi, pela vida, retirado...
Pelo que me foi, pela vida, legado...
Mas não entendem a minha procura,
Nem os meus cuidados...
Neste dia dos pais, mergulho minha alma no passado!
O presente esta tão conturbado,
Que o futuro fica então incerto...
Não sinto ter conseguido, nem ao menos,
Ser o pai que tive um dia comigo...
Mas, creio ter ao menos tentado!


Edvaldo Rosa
www.sacpaixao.net
07/08/2010
 
 
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 07/08/2010


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr