Textos


PALAVRAS DE UM POETA AFRICANO

*********************************************************


Meus caros irmãos:

Quando nasci eu era negro,

Agora cresci e sou negro,

Quando tomo sol fico negro,

Quando tenho medo fico negro,

Quando estou doente fico negro,

Quando morrer ficarei negro.

E você homem branco,

Quando nasce é rosa,

Quando cresce fica branco,

Quando toma sol fica vermelho,

Quando sente frio fica roxo,

Quando sente medo fica verde,

Quando está doente fica amarelo,

Quando morre fica cinza.

E ainda tem coragem de me chamar de homem de cor!?




Luciano Edipo Pereira da Silva

NOTA: Poema que encerra grandes verdades e sentimento poético.

Você, leitor que dispõe de Internet, por que não envia este poema para os seus amigos e conhecidos. Quem sabe um dia, nós humanos ficaremos melhores e não sofreremos tantas mutações em nossa epiderme, permanecendo íntegros, tal como nascemos, aqui e no mais além...

Walter José De Faé (De Faé) 

Colaboração recebida de  
1RubraRosa1 < mariamirian@hotmail.com >
por email

Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 07/09/2006
Alterado em 10/09/2006


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr