Textos


ÁGUA NA BOCA...

Ver-te assim, tão linda!
Cabelos esvoaçantes...
Sorriso aberto na face,
Lábios carmins insinuantes...
Ver-te, assim, tão solta,
Sobre pés tão delicados,
Indo e vindo como um sonho,
Entre as gentes...
Dá-me água na boca...
Parece que me afogarei em instantes!
Em minha mente crio estratagemas,
Para ter-te!
E meu corpo treme, ardentemente...
Parece que me perderei de desejos, em instantes!
Ver-te, assim, tão perto de mim
E tão distante,
Causa-me espanto!
Parece que enlouquecei em instantes...
E assim, em tuas mãos, sem que se apercebas
Tens as rédeas de minha vida inteira!

Edvaldo Rosa
12/02/2010
WWW.SACPAIXAO.NET
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 12/02/2010
Alterado em 28/02/2010


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr