Textos


APENAS AMOR...
 
Quando se encontram os nossos olhos,
Vão pouco a pouco, aos finalmentes, se doando,
Nossos corpos...
E nossas almas se agitam e se aquecem,
 Dentro de nossos corpos, quentes...
E a forma sólida de nossos corpos se transforma:
Liquefaz-se totalmente!
Para depois evolar pelo ar, leve e solta...
Qual perfume que parte de delicadas flores,
Partem aromas apenas do amor, de nossos corpos, que jazem...
Aroma de amor, apenas amor, tão somente!
Que rivalizando com nossas almas;
Presença imaterial sob as luzes das estrelas,
Querem também tocar o firmamento...
E ser belo e eterno, afinal!
 
Edvaldo Rosa
09/01/2010
WWW.SACPAIXAO.NET 
 
 
 
 
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 18/01/2010


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr