Textos


DIA MUNDIAL DA PAZ!
 
Hoje é o Dia Mundial da Paz!
É uma comemoração oportuna neste primeiro dia do ano, pois deixamos para traz 2009, há poucas horas, e este 2010 vêm repleto de pedidos, esperanças, sonhos...
É uma comemoração estranha também...
Num momento em que a maioria esta se refazendo das extravagâncias da passagem de ano, outros estão envolvidos com passeios, quem esta realmente comemorando o Dia Mundial da Paz?
E principalmente num momento tão difícil e complicado, onde muitos estão fazendo o que podem para se reerguerem das conseqüências das chuvas dos últimos dias e noites, que comemoração para estes, será esta?
Ainda sem falar das guerras espalhadas por ai!
Sem falar na guerrilha espalhada bem aqui, no Rio de Janeiro,ou  aqui em São Paulo mesmo, e em tantos outros recantos mais escondidos e perdidos no Brasil!
Esta Paz Mundial não existe!
A Paz local, não existe!
Não na dimensão que esperamos e queremos, tanto os mais otimistas, quanto este escriba, que parece mais, uma ave de mau agouro com este escrito!
A Paz que sinto existir é uma Paz individual e intima que mora dentro das pessoas, que a despeito do que esteja lhes acontecendo, segue em frente com destemor!
E a esta Paz, eu aplaudo e saúdo!
Pois creio, firmemente, nela!
Penso que é através dela, que algum dia nós nos encontremos com a Paz Mundial!
Sei que possivelmente, nem eu, nem meus possíveis leitores, estejamos aqui para vivenciarmos esta Paz!
Mas será desta centelha, desta fagulha que se iniciará uma época de Paz no mundo!
Assim, é oportuno sim, comemorarmos o Dia da Paz Mundial neste principio de novo ciclo, que é o inicio do ano de 2010.
Que aqueles que estejam imbuídos de uma sincera e forte sensação de Paz interna façam coro e roguem á Deus pela instauração de uma Paz Mundial.
Sigam com fé!
Com fé naquilo em que crêem!
Pois se a Paz que sentimos é uma fagulha, a fé de cada um é o alimento para que esta fagulha se amplie e crie uma enorme fogueira, que com o calor de suas chamas, que com a luz de suas labaredas, aqueça a humanidade, queime a teimosia da humanidade, e deste terreno devastado pelo fogo da fé, nasça a Paz Mundial.
Para mim, no Natal, recebemos a graça Daquele, que há de restaurar a Paz em nós!
Mas creio também de que devemos fazer a nossa parte!
Se este fazer a nossa parte, não se fundamente num sentimento de fé, pelo menos se fundamentasse em uma demonstração de inteligência.
Eu, imodesto, escrevo isto tudo, aplaudindo a Paz individual das pessoas imbuídas pelo bem, mas alertando para o fato de que a Paz local, ou Mundial é ainda uma utopia!
Um desejo!
Um sonho, que muitos nem compartilham...
Que cada ser humano possa a despeito das adversidades que enfrente, sentir dentro de si, um instante de paz.
Pois ele existe!
Cada um tem que o procurar consoante os seus meios, inteligência, coração!
O findar das coisas e o seu recomeçar, o ciclo da vida, serve bem para tudo isto!
Feliz 2010 para todos os leitores deste escrito!
Que a Paz em cada um forme um Dia Mundial Da Paz, duradouro e real.
 
Edvaldo Rosa
01/01/2010
WWW.SACPAIXAO.NET
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 01/01/2010


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr