Textos


ESSA NOSSA REALIDADE ME ASSUSTA TANTO...


Assusto-me com essa realidade,

A de não habitar, na tua emoção ocular,

Meu querido! Meu amado!

Teus olhos estão frios... Tão distantes...

Não sei em que tempo!

Nem imagino em qual lugar!

Assusta-me pensar que já nem me amas!

Apavoro-me em pensar,

que já nem me quer!

Procuro-te em nossa cama,

para me certificar que não dormes

com outra mulher...

Fico de ouvidos colados á teus lábios,

tentanto ouvir o meu nome sendo sussurado!

Enquanto procuro em meu corpo marcas,

as marcas de teu contato!

Até este parece que nem deixa em mim tais marcas,

como se nosso amar já não deixasse rastros...

Essa realidade me assusta! Apavora!

O que eu faço agora?

Para essa sensação em mim dissipar!

E o que mais me apavora, é pensar,

que tu em meu olhar não se enxerga...

E se assim for, que futuro para nós haverá?

 

Edvaldo Rosa

25/12/2009

WWW.SACPAIXAO.NET

 

POEMA INSPIRADO NO SEGUINTE COMENTÁRIO:

 

Assusta essa realidade de não habitar na emoção ocular do ser amado... Dá medo! Parabéns poeta!

Enviado por

Cristina Jordano em 25/12/2009 20:00
para o texto:
PROCURO O TEU OLHAR... (T1990825)
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 25/12/2009


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr