Textos


DESEJOS DE NATAL...
 
São muitos os nossos desejos para o natal. A lista é tão grande que nos perdemos ao tentar nomeá-la...
Mas em síntese o que desejamos é Paz, Felicidade e amor!
A Paz é um bem que não depende só de nosso esforço para ser alcançada e desfrutada, mas a nossa participação na construção da Paz é fundamental e de certo modo decisiva.
Não vamos criar obstáculos para a implantação da Paz no seio de nossa família e entre os amigos que a vida colocou ao nosso lado.
Ao mesmo tempo, destruamos diariamente os obstáculos que por ventura existam no nosso relacionamento cotidiano com quer que seja... Estejamos em Paz primeiramente conosco mesmo, para depois estarmos com os outros.
A Felicidade também depende dos outros para que se perpetue em nossas vidas, mas também não depende dos outros para que exista dentro de nós mesmos. O que em principio pode parecer contraditório, não é.
Podemos estar felizes, nos sentirmos felizes independentemente do que pensam as outras pessoas.
O pulo do gato, difícil, mas possível, é adequarmos a nossa felicidade com o maior número de pessoas possível. Sabendo que com todos não dá!
O amor é o mais importante aspecto de nossas vidas, tanto pessoal quanto em comunidade!
Existem várias manifestações para o amor, sejamos claros e transparentes em todas elas.
Sabermos a quem amamos, como amamos e por que amamos, é fundamental!
Temos também no natal o desejo de receber presentes... E sentimos quase que uma obrigação em dar presentes...
Sinto que muitos nem terão como presentear e assim muitos não receberão o que sonharam...
Penso que um presente é uma manifestação de um sentimento, é a materialização de um pensamento!
Assim, na falta dele, do presente material, aprendamos a receber o presente imaterial, aquele que deseja-se presente na vida dos outros... Ou seja, recebamos com alegria os sentimentos, os pensamentos, a alegria, a boa vontade que existe naqueles que não poderão nos dar “coisas”...
Todas elas são enfim depositárias de nossos sentimentos, pensamentos, mas não tem a durabilidade deles...
Para cada presente a ser dado, houve de existir e de ser sentido, um pensamento, um sentimento, uma vontade!
São estes mais importantes que os tais presentes.
Assim, estas presenças que pré existem em nossas almas, se façam claramente, espontaneamente, amorosas, delicadas...
Saber aceitá-las, entendê-las nos fará um bem muito grande, nos trará uma Paz mais duradoura, e fará com que nos sintamos imensamente felizes...
Existem outros desejos que expomos no natal, ante Deus, e os irmãos de caminhada...
Saúde é um deles!
Com o pensamento sereno, com paz de espírito, com uma sensação de felicidade intima, sem a gana por coisas materiais e passageiras, já estaremos gozando de uma Saúde psicológica importantíssima, quanto ás mazelas do corpo, estas que fiquem a cargo da medicina, sempre sob a proteção de Deus.
E no natal, como em todos os momentos de nossas vidas, Deus é presença constante.
Ele esta presente, e não é um presente, que se recebe a titulo do que quer que seja! Neste natal que possamos sentir a presença de Deus no meio de nós!
Que neste natal possamos desejar sim, Paz, Felicidade, Amor, Saúde, sem esperar que se materializem em coisas, mas que sejam uma presença constante em nossas vidas.
O mais importante de tudo, é que tenhamos consciência de que merecemos e que possibilitamos a pré-existência de sentimentos, pensamentos nas pessoas de nosso circulo familiar e de amigos, que gostariam de estarem manifestos através de presentes...
Fazer o melhor, dar o melhor de nos é o caminho!
 
Edvaldo Rosa
12/12/2009
WWW.SACPAIXAO.NET
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 13/12/2009


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr