Textos


ALMAS DE DEUS...
 
 
 
 
Mães negras, brancas, pardas, índias,
Mães de leite,
Com as tetas nuas,
Colhem a seiva mais quente e pura,
Do âmago do próprio ser,
E das tralhas encontradas nas ruas...
Para alimentar as crias,
Um pouco sua,
Um pouco criaturas do tempo,
Da terra,
Do mar,
Da água,
Do ar,
Do fogo,
Do céu,
Do inferno,
Do mel,
Do sal!
As mães, amas,
De tantos tons,
Com as tetas cruas
Alimentam as crias um pouco sua...
Alijadas dos homens...
Almas de Deus...
 
 
 
 
Edvaldo Rosa
21/08/2009
WWW.SACPAIXAO.NET 
 
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 16/11/2009


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr