Textos


AMOR COM PRAZO DE VALIDADE...
 
 
 
 
Não supunha que nosso amor
Um dia caducaria,
Que ele tinha
Um prazo de validade!
Novidade, que me surpreende e assusta!
Ele, não fora, uma rara iguaria?
Não fora colhido,
Como se colhe uvas tenras?
Prá um vinho raro, agora se tornando vinagre?
Será que o não supor, tal decaida,
Diminuiu para com nosso amor,
Os cuidados?
Será que de tão esplêndido sabor,
Nós comungamos do mesmo amor,
Por tempo demasiado?
Será que por medo
De nos entregarmos,
Não desfrutamos do amor,
Cheios de pudores e dedos?
Não ousando, de amor, nos embriagar?
Seja como for,
Surpreso e assustado,
Rebelo-me a esta realidade,
Um amor tão belo,
Com prazo de validade!
Prestes a expirar!
 
 
 
Edvaldo Rosa
26/08/2009
WWW.SACPAIXAO.NET
 
 
 
 
 
 
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 15/11/2009


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr