Textos


LIMITES NO AMOR...

Repito-me a exaustão,
canso teus ouvidos...
Quero que naufraguem em meus desejos,
os desejos de teu coração!
É que em mim gritam,
desejos a muito reprimidos;
hoje é um grande rio, procurando vazão!
Quase me perco em desvarios,
por pouco, muito pouco,
não ultrapasso limites...
Quase que sou eu quem se afoga, no que sinto,
mas não o fiz ou faço,
pois estou em teus braços,
e teus são tais limites...
E teus braços me afastam,
com uma força quase infinita,
quando estou a perder-me,
levando-te comigo...
Incorrendo num grande risco,
de num súbito arroubo,
tornar nossos sonhos de amor,
num pesadelo...
E resumir nossas vidas
num ato infeliz!

Edvaldo Rosa
22/10/2009
WWW.SACPAIXAO.NET
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 04/11/2009
Alterado em 04/11/2009


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr