Textos


A tua espera, meu amor...



A música vem lenta,

levantar como brisa,

as folhas rotas,

dos caminhos de minha vida!

A cada acorde,

acorda uma lembrança minha!

Que de tão guardada,

pensava estar esquecida!

A música, evolando no ar,

traz o teu perfume embriagador,

a sensação de tua pele macia...

O gosto de fruta, de teus lábios carmins...

Estamos sós, eu e a música!

Mas você também esta aqui!

Tão impregnada em mim,

tão dentro de mim,

que pareço estar só!

E a lentidão da música,

se contrapõe as minhas sensações...

Coração acelerado,

mãos trêmulas,

voz embargando...

Estamos eu e a nossa música te esperando!

Não tarde! Meu amor, não se demore!

Não nos deixe assim, tão sós...

Tão dependentes de ti,

que dá sentido e completude a nós...



Edvaldo Rosa

www.sacpaixao.net

29/06/2009

Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 29/06/2009
Alterado em 29/06/2009


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr