Textos


És o sol da minha vida!


És o sol deitando-se por detraz do horizonte,
por detraz das águas ,
fazendo a luz esconder-se,
fazendo com que a noite se estabeleça!
É assim quando se afasta de mim,
a luz da minha vida,
que as minhas noites se fazem!
Com brumas tão espessas...
que não vejo adiante...
Futuro?
Porvir?
Eternidade?
Meras palavras que balburcio,
com medo de que não hajam...
E assim vou de noite em noite,
espantando o fantasma da solidão,
o peso no peito palpitante,
a secura em meus lábios,
o suor nas palmas das mãos!
És a luz de meus dias,
o calor que aquece a tez fria,
que faz crescer o amor em meu coração!
És a luz que mata os fantasmas,
as ilusões de meus dias...
Que me aquece a alma,
faz bater, pulsar, vibrar, meu coração!
Talvez seja bom que sejas assim,
indo e vindo sobre mim,
pois não poderia viver sempre no verão!
E as mudanças entre luz e trevas,
calor e frio,
trazem ao meu coração,
a certeza do valor de teu amor pra mim,
grande, bela, importante, sensação!
Futuro!
Porvir!
Eternidade!
Possibilidades para a consumação de nosso amor!
E de nossa união!

29/05/2006
www.sacpaixao.net
www.casadoescritor.com
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 29/05/2006


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr