Textos


AINDA ME RESTA UMA ESPERANÇA...



Pouco, muito pouco temos nos dado,
parecemos dois estranhos
vivendo num mesmo espaço...
Esquecemos tanto,
das flores de nossos primeiros encontros,
esquecemos seus perfumes evolados,
suas pétalas macias e delicadas,
só sabemos dos espinhos,
que teimamos em fincar em nossos corpos...
Que dia após dia, enterramos mais fundo,
bem fundo em nossos corações tão doridos!
Temos encarnado a loucura dos que morrem,
não temos culpas pela nossa desventura!
E assim vamos findando...
Tenho em mim um último alento de esperança:
Peço-lhe um instante,
mais um instante... Pensemos...
O quê fizemos de errado?
Tenhamos coragem para responder esta questão urgente!
Antes que a gente perca nosso futuro tão sonhado,
e nosso amor perca o apoio do que já tem vivido,
e de tão tênue em nós
já nem se lembre que existiu no passado!


Edvaldo Rosa
07/10/2008
WWW.SACPAIXAO.NET
www.edvaldorosa.com.br




Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 26/11/2008


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr