Textos


Com a Rosa dos ventos da alma e a bússola do coração ...
 
Homem e mulher tecem no seu amar sonhos!
Sonhos que se colocam a sonhar...
Somos todos e somos um...
Sendo tantos somos nenhum!
 
Somos o barco que luta nas águas da vida!
Aqueles que alçam as velas ao bom vento,
Que empunham o timão, o leme, o motor, os remos...
Aquele em comando, que assinala a direção!
 
Aquele que grita ao Gaveiro:
-Olha o mar!
Que ouve de volta:
-Terra a vista!
- Homem ao mar!
-Temos céu de brigadeiro...
 
Sendo todos e tantos,
Vejamos em nossa alma a nossa Rosa dos Ventos,
Em nosso coração incrustado no peito a nossa bússola
A guiar-nos!
 
Não desprezemos nossos sonhos mais loucos,
Entendamos pouco a pouco o que bem dentro de nós há!
Com o tempo não nos perderemos na loucura de nós mesmos,
Saberemos enfim a direção a tomar!
 
E como somos o barco, somos os remos,
Somos os marinheiros,
O comandante para nós guiar...
Subamos ao mastro, sejamos o Gaveiro!
Olhemos os caminhos no mar!
 
A Rosa dos Ventos da alma inteira,
Com a bússola encravada em nosso peito,
Levarão nossos passos á outras estradas
E nossas vidas nunca mais serão as mesmas!
E viver de sonhos ou realidade será apenas uma opção!
 
 
Edvaldo Rosa
03/11/2008

Foto de andregumieri no Flickr
 
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 03/11/2008


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr