Textos


EM QUAIS (A)BRAÇOS?
 
Eu juro que tenho te abraçado,
Em minhas noites insones, sem sonhos...
Envolta no silêncio da casa,
Entre as memórias de nossos momentos,
Das glórias de gozos insanos...
Juro que tenho atado teu corpo com meus braços!
Em laços agora estranhos...
Só lembranças!
– Sem contato, sem murmúrios nos ouvidos,
Sem o arrepio na pele,
E minhas unhas cravadas em teu dorso!
Eu trago você comigo... Pura loucura!
Que se curvem os céus, sobre mim, e os oceanos,
Eu tenho você em cada fibra de meu corpo,
Que arde em desejos loucos...
Onde você esta agora!
Em quais (a)braços?
Sob quais panos?
Enquanto eu aqui,
Sinto o gosto de ciumes e de saudades,
Nas lágrimas que escorrem em meu rosto?
 
Edvaldo Rosa
www.sacpaixao.net
25/06/2019
 
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 25/06/2019
Alterado em 26/06/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr