Textos


VINHO E POEMAS

Sob a luz da lua, refletida pelos nossos olhos cristalinos,
Nunca meros espectadores a espera do próximo instante,
Vamos tateando um ao outro, sem pressa, mas com gana...
Taças de vinho, vez e outra tocam nossos lábios,
E aos poucos vão afastando os fantasmas do dia já distante...
É quase ontem!
Nossa fala toca nossos sentidos mais e mais profundamente,
- Palavras de amor, - Poemas de amor, sobre o amor da gente!
E assim, diante da delicadeza em nossos lábios,
O vinho e os poemas
Atiçam ainda mais a urgência de amor em nossos semblantes...
- Se notássemos o mundo a nossa volta,
Seria agora querer por demais da gente!
Somos todo o fogo e somos toda a chama,
Que ardendo e crepitando em nossos corações e em nossas almas,
Ardem e crepitam em todo o nosso corpo agora!
Somos dois na noite escura...
E o depois, que nos espere... - De preferência lá fora!


Edvaldo Rosa
www.sacpaixao.net
01/04/2018
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 29/06/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr