Textos


É HORA SÓ DE AMOR...
 
Inteira... Diante de ti, para ti inteira!
Sem tempo... Sem passado, sem futuro! Presente...
Presença desnuda, sem medos e sem reservas,
Totalmente a espera de teus toques,
Apressados e lentos...
Pronta para deitar a minha face em teu peito,
Desejando entregar-me a teus encantos,
E por eles ser embalada pela noite inteira!
Entrego-lhe a minha flor, para que o seu perfume,
Perfume a ti...
Entrega-lhe a minha fruta, para que a sua polpa,
E o seu sabor,
Mate a tua fome sedenta!
Nota, que todos os meus espinhos deixei lá fora,
Detrás da porta...
Agora, é hora só de amor!
-E que a dança das horas seja lenta!
 
 
Edvaldo Rosa
www.sacpaixao.net
22/02/2018
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 22/02/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr