Textos


UM TANTINHO DE SAL...

Não preciso estar certo,
Nem quero a todo o momento,
Ser a causa de dores e de tormentos,
Mas o que falo é o que sinto e o que penso,
Por não poder viver só em silêncio!
Se de minha boca voam espinhos,
E não as pétalas de flor,
Não será porque o amor não é sempre lindo,
E tem em si uma parcela de dor?
E a vida não é eternamente mel,
E os caminhos também tenham lá as suas pedras...
E para temperar a vida também seja preciso,
Um tantinho de sal?


Edvaldo Rosa
www.sacpaixao.net
24/08/2015
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 09/09/2016
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr