Textos


NÃO RETIRE O MEL DA MINHA BOCA...

Não, não retire o mel de minha boca,
Antes, sinta o perfume que exala teus cabelos,
enquanto tua face repousa ainda sobre o meu dorso,
tão macia, diante da aspereza de meus pelos...
Sinta antes de dizer algo que se arrependa,
como pulsa meu peito, e o meu coração contido nele...
Como estão eriçados os meus pelos,
e como meu corpo todo suado, acridoce
ainda marcado pelos teus beijos...
Murmura ou silencia! Rogo!
Pois o amar da gente, fala bem mais, e mais evidência,
enquanto desnudando nossos corpos,
põe a mostra a alma da gente,
que nosso amor nem é mentira, tão pouco fantasia!

Edvaldo Rosa
www.sacpaixao.net
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 14/03/2016
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr