Textos


Um gole de amor, uma dose de paixão...
 
Recebi em mão o livro “Um gole de amor, uma dose de paixão...” do jovem poeta Mateus Silveira, que apresenta em suas páginas uma nova safra de poetas da zona sul de São Paulo.
São em sua maioria poemas de amor, daquele amor jovem, cheio de esperanças, que muito pouco sofreram na vida, daquelas dores de amor, que nós mais adultos às vezes colecionamos nas memórias de nossos corações.
Fora esta minha suspeita de que estas poesias trazem em si poucas doses de dores de amores, não podemos dizer que eles, esses jovens poetas, não tenham em si marcas no coração, de amores e quereres...
Salta aos olhos na leitura de suas páginas, um pensamento claro, um discurso sereno, sem quebras de continuidade... Sem sobreposição de temas!
Assim, este “Um gole de amor, uma dose de paixão” de Mateus Silveira e convidados, é sem dúvida um bom indicativo de que o gosto pela poesia trará para breve, uma nova safra de poetas que o tempo e as estradas depurarão naturalmente.
É um alento e uma alegria, ter em mãos este volume, pelo que significa: Esperança no futuro poético entre os jovens de nossa cidade, quiçá de nosso país.
A escolha do veiculo de difusão destes poemas-tenros em sentimentos e esperança, é salutar: Um livro!
A busca por uma identidade própria é gratificante!
Embora não haja um rompimento com os ares que me parece permear quase toda juventude, a saber:  o ritmo, o palavreado, a oratória, a escolha deste grupo de poetas por tecer uma mensagem poética que não ficasse enclausurado nestes aspectos, fará com que estes poetas e poemas possam alcançar uma grande audiência.
No mais, romper limites, os impostos e os auto-impostos, é um dos méritos apreciáveis naqueles a quem fora dado o dom da escrita!
Assim, que venham outros livros de poemas, ou com outras formas de escrita deste jovem Mateus Silveira e convidados, a cultura brasileira um dia poderá lhes ser grata pela tenacidade em persistirem nesta estrada de palavras, sentimentos!
Escrevam da forma que melhor os aprouver, escrevam com coração e com alma, mas escrevam! E mesmo que a conta gotas, a produção literária que com o tempo se fizer, poderá significar um novo tempo em nossas letras!
Dentre os convidados neste volume, temos o jovem escritor Felipe Dionizio, e deste é o poema “Te querer...” na página 55... E Felipe Dionizio, o querer é bem isso mesmo; um paralisar-se diante do amor!
Assim, é com a alegria, que dou ciência á meus leitores do lançamento destas novas sementes poéticas presentes neste “Um gole de amor, uma dose de paixão” de Mateus Silveira e convidados.
Permitam-me um pedido: Sigam em frente, pois, poetas são filhos do tempo e de estradas!
 
Edvaldo Rosa
www.sacpaixao.net
15/11/2015
Mateus Silveira e Felipe Dionizio
Enviado por Edvaldo Rosa em 15/11/2015
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr