Textos


MUITO SÓS...

Se o homem é um, e o poeta é outro,
Quem mente para quem,
Com quem está a verdade?
Não haveria um momento,
Um momento só,
Em que ambos seriam apenas um?
Quando amam, quando sofrem,
Sorriem e chorem?
Ou quando falam de outras gentes,
Que lhes faltam, que lhes fazem falta?
Pois os homens poetas,
Alheios ás verdades e ás mentiras,
Sempre se sentem muito sós!


Edvaldo Rosa
www.sacpaixao.net
25/08/2015
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 06/11/2015
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr