Textos


Mulher...
 
Você tem fiado dum emaranhado novelo,
com as pontas de delicados dedos,
de fios grosseiros, com esmero, a linha de nossas vidas,
Que compõe a tapeçaria, qual Penélope,
De nossos destinos, amores e desejos...
Enquanto eu perambulo pelas guerras no que é agora o Peloponeso...
E tu, sempre a minha espera.
Faz-me o teu herói...  E eu de ti a minha bem amada!
Mudam-se as vidas... Lugares e tempos, mas que venham as eras,
Assim fomos, somos e continuaremos sendo!
E a chama de nosso amor é o que te anima na espera,
E a que me incita a vencer as minhas guerras!
 
Edvaldo Rosa
www.sacpaixao.net
15/01/2013
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 02/02/2013
Alterado em 14/02/2013
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr