Textos


Denise Severgnini / Caminhos paralelos...

Dentro de minh'alma,
entre tantas impressões amadas,
nitida, presente, benfazeja e cara,
inteira, ela está!
Sei que vem de outras plagas,
e que vem como as vagas, ondas das poesias...Nosso mar!

Sei que vem com seus mistérios,
enredada em suas luzes astrais, tão belas!
Vem retirar de meu peito, suspiros de amor, e muito mais...
Entre os toques de sua alma na minha; gritos...
Retirando de meus silêncios, palavras...
Gritos que unidos em unisono ecoam bem mais...
Nossas almas se completam, nossos corações se irmanam...
indo ao seu encontro eu me realizo, poeta, pois poesias ela consigo traz!
Nessa simbiose vou então completando a minha metamorfose,
'inda que só o tempo a possa completar!

Meus caminhos então percorro,
inteiramente amparado pela sua presença,
nas noites de mais profunda escuridão,
há a presença de sua luz...
As manhãs então mais claras, sob o sol de seu coração...

Amiga, que não se furta ao contato,
minh'alma comunga com a tua...
Inda que tempos e tempos se passem, os seus gestos,
gestos de amor e carinho, firmaram meus passos nos caminhos,
ainda que sejam virtuais, caminhos paralelos...- Nunca se encontrarão jamais!?

Edvaldo Rosa
WWW.SACPAIXAO.NET
25/01/2007

Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 25/01/2007
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr