Textos


         APENAS AMOR...
      
       Clara da Costa
 
       Quando nossos olhos se encontram,
       meu corpo delira em festa, 
       nos desejos e carinhos que se completam,
       quando nos entrelaçamos na madrugada.

       www.saiadotom.com 
                                                         ***
 
       APENAS AMOR
       
       Edvaldo Rosa
 
       Quando se encontram nossos olhos,
       Vão pouco a pouco, aos finalmente, se doando,
       Nossos corpos...
       E nossas almas se agitam e se aquecem,
       Dentro de nossos corpos quentes...
       E a forma sólida de nossos corpos se transforma:
       Liquefaz-se totalmente!
       Para depois evolar pelo ar, leve e solta...
       Qual  perfume que parte de delicadas flores,
       Partem aromas apenas do amor, de nossos     
corpos que jazem...
       Aroma de amor, apenas amor, tão somente!
       Que rivalizando com nossas almas,
       Presença imaterial sob a luz das estrelas,
       Querem tocar o firmamento...


Edvaldo Rosa
09/01/2010
WWW.SACPAIXAO.NET
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 09/01/2010
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr