Textos


À ESPERA DA MULHER AMADA...


Estou à espera da mulher amada,
Que vem de algum lugar, distante,
Dum tempo em que esteve de mim isolada,
Esperando-me, talvez numa janela plantada!
Espero a mulher conhecida,
Com um sorriso na face, escancarado,
Braços abertos, afeitos a meus braços...
Nem sei se quem vem,
Será a mulher esperada!
Talvez venha uma estranha,
Irada, mal humorada, a sozinha, a desamparada!
Não sei...
Que venha pelo menos a mulher amada!
Aquela que vem aquele que a espera...
Numa espera angustiada,
De quem não a reteve em seus braços,
Nem ao alcance dos lábios,
Que a desejam com uma loucura indisfarçada!
Sei que vem a mulher silenciosa,
Que nem me lançou a voz num telefonema...
Sei que vem...
Mas quem é que vem?
Espero que venha a mulher amada!
Qualquer outra será inesperada!
 
Edvaldo Rosa
04/12/2010
WWW.SACPAIXAO.NET
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 04/01/2010
Alterado em 05/01/2010
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr