Textos

Série Acrósticos: Falando de Amor / Maratona
Série Acrósticos Falando de Amor

F alta-ma na verdade as palavras,
A nte o sentimento que levo no peito,
L eve e livre, planando sobre meus abismos e desertos,
A té onde nunca ousei enxergar!
N um  crescendo incontido,
D oendo, de tanto fazer pulsar o meu peito!
O amor! O amor que sinto, por ti tão inquieto!

D evias estar comigo a todo momento,
E vitarias que eu procurasse palavras que te falassem deste amor.

A inda que as palavras me faltassem
M eus gestos então falaria, sem duvidas:
O amor por ti se expressaria pelos meus olhos, meus beijos, meus abraços...
R iriamos a larga com tanta pantomima, deste nosso amor intenso!

São Paulo 14/03/2006


“Eu estou correndo a maratona de ACRÓSTICOS”
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 14/03/2006
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr