Textos


Justo quando caminhamos noite adentro,
Um sentimento me prespassa o peito-
Saudades dos bons momentos,
Sua imagem dançando em meus olhos...
Ainda que estejas a meu lado, deitado em nosso leito!
Risos afloram em meus lábios, e uma nostálgia me assola gostosa!
Agora, que estamos em silêncio, e o pulsar em meu peito, é o que ouço agora...



Só penso em você, que dorme em paz, mas
Outra forma não encontro, para dizer-te como te amo-
Uma que tivesse mais encanto,
Sobre a qual lhe falasse sem medo! Apenas te olho e me calo... 
Acaricio os teus cabelos, em pensamento,  pra não cortar teu sono:
                                                                                                   Meu amor existe em silêncio!

Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 12/02/2006
Alterado em 16/02/2006
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Shandi-lee/flickr