Meu Diário
28/08/2005 16h38
O Beijo!
O momento é mágico,
parece que fogos partem de nossos olhos!
Chamas nos avermelham as faces!
Nosso olhar parece turvar-se...
E o mundo perde a cada instante o sentido!
O que nos rodeia,
rodopiando vai se desvanecendo...
Se houvessem distâncias entre nós,
em meio á magia deste instante vão-se desfazendo!
Parece que estamos tecendo uma outra história!
A hora, a hora...
Agora é tempo de entregas...
Não há tempo para mais nada!
O brilho de seus olhos, ofuscando os meus...
A sua respiração, respirando a minha!
A tua boca, tão quente...Teus/Meus lábios...
A tua língua que me devora,
a minha que te explora em mim!

28/08/2005

Publicado por Edvaldo Rosa em 28/08/2005 às 16h38
 
28/08/2005 15h54
Beijos I
Eu abro espaço para que os amigos deixem a sua opinião acerca do site, acerca da vida e possam mostrar o seu talento tambêm!
Conheçam agora o trabalho do Edson Sena.
O tema é Beijo!





BEIJO



Entre o primeiro e o último encontro
Ele "quase" sempre entra em cena
Num ator ou atriz
Ele faz a diferença.
Mas sem ele o amor
Não semanifesta.
Júlia Robert
E tantas outras bocas famosas
Seriam tão desejáveis
Sem o complemento ou sua finalização?
Sua forma única de ser
Não deixa dúvida ou preconceito
Cor, raça ou religião
Pai, mãe ou filho.
Ele impera em qualquer situação!
Amor ou traição!
Viva essa emoção...


SUCENA

Publicado por Edvaldo Rosa em 28/08/2005 às 15h54
 
28/08/2005 12h30
A chave para a felicidade!
Você que por um acaso esteja triste já se perguntou se tem ou traz consigo a chave para a felicidade?
Bem, antes de mais nada é preciso saber, se existe esta tal chave! E se é apenas uma.-Talvez sejam várias!
Eu não posso falar pelo alheio, posso isso sim falar para ele, sempre paltado pela minha própria experiência e em alguns casos pela minha inexperiência.Confuso? Pense comigo:
Posso falar e falo, paltando os meus argumentos por aquilo que já trago comigo, e que chamo de "bagagem"!
Em outras vezes, falo amparado por aquilo que sinto que me faz falta! E é por isso que escrever para mim é uma experiência magnifica:
A minha bagagem não me basta. O que é ótimo, ser completo, neste mundo de meu Deus,é no minimo estranho! E o que me falta,(aquilo que reclamo, como falta)é por vezes ilusões voláteis e passageiras!
Confuso, novamente?
Pois ai esta a minha chave para a felicidade:
Sentir que tenho conciência da minha flagilidade nesta vida;administrando estas duas vertentes da minha condição humana! Ser completo, pois aquilo que trago comigo, sendo real e concreto, já esta completo!E a minha procura por algo a mais,nos momentos que sinto "carências"!Você que lê estes escritos talvez venha a pensar que enlouqueci:-"Aquilo que esta completo,não caresce de reparos!"
A minha idéia é que a base da personalidade não muda,
ela apenas se aprimora!Os reparos então não mudariam
a essência dessa base!
A minha chave então é assumir o que sou, acreditando nas minhas forças e capacidades, e num momento de flagilidade procurar sem medos ou rodeios, sem culpas
a ajuda dos amigos.
A minha chave então é os amigos!
Mas as vezes, a ordem das prioridades se inverte,e precisamos de um apoio especial...
A minha chave é a familia!
E em todo o tempo de vida, em todos os momentos,uma crença,uma fé!
A minha chave é a fé!
Deu pra perceber que eu ando com um molho de chaves na mão! Afinal eu sou o zelador da minha vida.
Qual é a sua chave?

Publicado por Edvaldo Rosa em 28/08/2005 às 12h30
 
27/08/2005 09h51
Cuidado com o que você diz
Aos amigos de verdade vale apenas ler o texto abaixo






Ontem sai com amigos, para dar uma espairecida, em meio as nossas conversas um tema se destacou em meio a tantos outros;"O que falamos das outras pessoas, e o que elas falam da gente."
A respeito desse tema, vou apenas anexar a opinião de um outro amigo, que mandou o Email abaixo.
Quem tiver algo a dizer, sobre este tema e querer se manifestar que o faça, este blog esta aberto a discusão!

Cuidado com o que vc diz

Certa vez, um homem tanto falou que seu vizinho era ladrão, que o
vizinho acabou sendo preso.
Algum tempo depois, descobriram que era inocente. O rapaz foi solto,
após muito sofrimento e humilhação, e processou o homem.
No tribunal, o homem disse ao juiz:
- Comentários não causam tanto mal...
E o juiz respondeu:
- Escreva os comentários que você fez sobre ele num papel. Depois
pique o papel e jogue os pedaços pelo caminho de casa. Amanhã, volte para
ouvir a sentença!
O homem obedeceu e voltou no dia seguinte, quando o juiz disse:
- Antes da sentença, terá que catar os pedaços de papel que espalhou
ontem!
- Não posso fazer isso, meritíssimo! - respondeu o homem - O vento
deve tê-los espalhado por tudo quanto é lugar e já não sei onde estão!
Ao que o juiz respondeu:
- Da mesma maneira, um simples comentário que pode destruir a honra
de um homem, espalha-se a ponto de não podermos mais consertar o mal
causado.Se não se pode falar bem de uma pessoa, é melhor que não se diga
nada!

"Sejamos senhores de nossa língua, para não sermos escravos de nossas palavras"

Em tempo:

Outra amiga,sra de uma sensibilidade extraordinária sempre me dizia:

"A lingua não tem osso. Mas quebra osso com facilidade!"

Publicado por Edvaldo Rosa em 27/08/2005 às 09h51
 
26/08/2005 11h33
Um alô de um amigo!
Na vida a gente não pode esperar apenas aplausos e ovasões de alegria, por vezes uma palavra mais austera faz um grande bem, bem maior do que aquela palavra doce e confortante!
Hoje um amigo me manda uma mensagem, e em vez de falar apenas das belezas de nosso trabalho, indica as dificuldades de nossa atividade! E mais, lança com alegria as mãos para ajudar a caminhar nesta estrada que escolhemos.
Amizade é isso!
E eu que nunca estive face a face com ele!
Lá vai a mensagem:


Santiago Dias escreveu:

Meu caro Edvaldo, parabens pela sua estreia na literatura. É um caminho árduo, mas vale a pena. Sou poeta desde os doze anos e só agora que começo a ter reconhecimento. Depois de trinta e poucos anos nesse caminho cheio de rosas e espinhos. Isso porque sou muito teimoso. Faço os meus livros porque trabalho com gráfica. Até hoje só consegui apoio dos amigos e graças a eles é que consegui publicar 4 livros de forma independente. Esses foram vendidos no velho esquema do baca a boca. Enfrentei os bares das noites de São Paulo, Minas, Rio e Vitória do Espírito Santo. Vendi uma soma de 25 mil livros e isso me tornou muito conhecido, mas há tempo não trabalho nas noites. Tenho participado de Shows com amigos para não ficar estagnado. Agora estou elaborando mais uma produção de cartões poéticos e vou voltar novamente para as noites paulistana. Se vc tiver esse pique posso te garantir êxito. Não desista, faça valer seus direitos poéticos. O mundo sem poesia não é nada.Quando alguém me pergunta se ainda sou poeta, eu respondo: \\\"Enquanto houver sangue nas veias e ar nos pulmões, seguirei poetando o AMOR e a LIBERDADE, e, ainda que eu tombe ferido da minha boca escorrerá um verso vivo.\\\"
Um abraço carinhoso desse parceiro de luta e sonhos chamado Santiago Dias. E vamos a luta que a estrada é longa. Boa Sorte!

A quem possa interessar:

NUNCA DESISTA DE SEU SONHO!

Publicado por Edvaldo Rosa em 26/08/2005 às 11h33



Página 9 de 10 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 [«anterior] [próxima»]