Meu Diário
01/10/2010 23h14
EDVALDO ROSA NA BIENAL DO LIVRO DO PARANÁ!
Repasse para sua lista!
E-mail enviado para: edvaldo_rosa@yahoo.com.br
 

ABRALI Edições Internacionais - Estande: Rua "D" 06


I N T E R N A C I O N A I S
 
C o n v i t e:
Apresentação do dia 09 de outubro as 20:00h
Auditório Wilson Martins - recinto da Bienal
Curitiba - Paraná - Brasil
Em frente ao estande da ABRALI

 

 
Olá!
  
A ABRALI Edições Internacionais convida você, sua família e amigos, para o próximo sábado, 09 de outubro, 20:00h no auditório Wilson Martins no recinto da Bienal do Livro do Paraná.

Apresentação de autores, Membros do Projeto Cultural ABRALI, do Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso...

São várias obras de diversas áreas e estilos que serão apresentadas, de forma que os autores possam interagir com o seleto público presente.

A abertura se dará com uma breve palestra do Internacional "Life Coach" Souza Neto e as câmeras da RTV estarão registrando todos os momentos, para serem assistidos em todo o planeta através deste dinâmico canal WEB inovador da Rede ABRALI.
 

Tecnologia da Vida
Onde está o meu "software"?
2ª edição - ABRALI Edições - ©2010
Palestra de abertura com o autor - "Life Coach" Souza Neto - Curitiba - PR.
Nosso cérebro funciona como um computador. Vamos tirar os "vírus" que estão atrapalhando o processamento da sua vida?
"Certamente a publicação do livro Tecnologia da Vida, escrito por um profissional
com o gabarito de Souza Neto, será como um manual para a sobrevivência empresarial e
principalmente pessoal.
”.
Henrique Lenz César Filho,
Presidente do Grupo Lancaster.

 
O Teatro Mato-grossense
©2010 - ABRALI Edições/Universidade de Mato Grosso

Agnaldo Rodrigues - Professor Universitário - Cáceres - MT

O Teatro mato-grossense: história, crítica e textos é um livro que inova a crítica teatral brasileira produzida em Mato Grosso no Século XX e nos primeiros anos do Século XXI. O percurso do teatro e as suas relações com a história e a literatura, desde o Século XVIII, são os aspectos fundadores da
 

relação entre as manifestações artísticas, capazes de levar à compreensão da cultura do Estado. O rastreamento de fontes e influências, a comparação entre textos cênicos de diversos espaços e tempos históricos, bem como as novas indicações teóricas e metodológicas embasadas em peças, grupos e companhias teatrais transformaram o livro em uma referência fundamental aos estudos do moderno teatro brasileiro produzido em Mato Grosso.
 
Deficit de Atenção e Hiperativismo
Susana Petraglia Kovalczuk - Educadora - Curitiba - PR
Crianças com Transtorno de Déficit de Atenção, (TDA) ou hiper-ativismo (H) ou os dois juntos, TDA/H é o assunto que versa este livro. É um chamamento para o governo, para pais, professores e todos os profissionais envolvidos na área de crianças e jovens. Este livro advoga alcançar o maior número de pessoas para que se responsabilizem também em atender crianças e jovens através da Pedagogia de valores tão estudados e propagados pelos grandes pedagogos da história.
Foi escrito não é só para o conhecimento, mas para a solução e a forma de sua aplicação, para entender crianças e jovens melhor, e amando-os muito para assim encaminhá-los na direção do ser pleno e feliz Transtornos de déficit de atenção, e hiperativismo não mais será visto como uma criança sem capacidade, se entendido como um Índigo ou Cristal, não ouviremos mais a divulgação pela mídia de crianças violentas, drogadas, e sem objetivos, ou meninos na rua.
 
A Enésima face de DEUS
Manuel Maria Ramirez y Anguita - Médico - Ponta Grossa-PR
Uma obra surpreendente deste Poeta, Escritor e Médico Cardiologista!
O dificil entendimento da teofania!
Com certeza, este encontro, esta conquista, mesmo que inconsciente, faz par6te do pensamento e do desejo humano.
Neste livro, o leitor é instigado a descobrir, tirar o véu, de questões embutidas em sua mente até então não explicadas, e que pelo medo do desconforto da procura, deixa ficar tudo como está. Surgem perguntas que a simples razão não explica: a fé, realmente, dispensa a compreensão da lógica? O que a ciência pode nos explicar? Crer ou não crer? Afinal, DEUS existe?
 
Caminhando com as Borboletas
Edvaldo Rosa - Policial - São Paulo - SP
Escrevo há muitos anos e este é o meu primeiro livro solo de Poesias. Participo de vários sites de Poesias na net, onde tenho participações em cirandas, duetos. Mantenho um site de poesias na WEB.
Minha maior alegria é a difusão e literatura em diversos sarais em que participo e promovo, pois o contato com o público traz à Poesia novos significados e encantamento.
Já participei de várias antologias poéticas no Brasil e através delas, tive participações na Bienal do Livro de São Paulo e agora estou apresentando, pessoalmente, meu livro solo na Bienal do Livro do Paraná.

 
Poesias Reveladas
Marcel Franco Lopes - Universitário - Curitiba - PR
Acadêmico do curso superior de história na Universidade Tuiuti do Paraná.
Projeta cursar, após o término, letras, pois tem paixão pela escrita, demonstrando desde cedo, ainda nas redações escolares, esta tendência.
Sua forma predileta é a Poesia.
A facilidade e o gosto pela rima surgiu ainda na infância.
Idealista, busca fazer da Poesia e das interpretações históricas, as ferramentas para construir sua vida profissional e um mundo melhor.

 
ASAS
Waldyr Argento Júnior - Analista de Sistema - Niterói - RJ
Mais que nunca é preciso sonhar. É só abrir as ASAS ao léu e flutuar. Não ter medo de ser feliz, fazer tudo o que você sempre quis. Elevar sua alma até uma outra dimensão, soltar o seu corpo, seu grito, ser livre! Viajar sem direção, procurar seu caminho, sem esquecer a sua verdadeira razão de existir.
Lá no céu tem sempre uma estrela que conspira à seu favor, basta acreditar. Nossos sonhos são tudo o que temos e tudo o que precisamos pra sermos felizes. Portanto, viva a vida, sonhe, deixe fluir... Sofra, chore, cante, dance, se levante, faça um favor ao seu coração: Acredite nos seus sonhos, pois eles são mágicos!
O livro é acompanhado de um CD com músicas compostas e interpretadas por Waldyr Argento.

 
A Flor da Alma
Marilisa Koslovski - Fisioterapeuta - Curitiba - PR
A Arte me embala em forma de tintas e letras. Sou uma estudante de
Fonoaudiologia residente em Curitiba que, motivada pela inspiração (que já me fez escrever o livro infantil e de produção independente “Poesias do Dia-a-dia” ) e pelo exemplo e incentivo de uma colega da 7ª série para começar a escrever diante da vontade de desabafar, passei a transformar angústias, sucessos, sentimentos e fatos em Arte.
E, com um certo medo, resolvi arriscar-me a publicar o que pode ser definido como eu verdadeiramente, além do que se pode ver.Publico a obra como um bem social, divulgando sentimentos que eventualmente ajudem a quem se identifique com eles, em gratidão às minhas inspirações que me fizeram ter a linguagem escrita circulando em minha vida, aprimorando minhas potencialidades de lidar com as letras profissionalmente bem como de perceber sentimentos.
 
Sonhos Pluviais
Ralf Gunter Rotstein - Universitário - Curitiba - PR
Ralf Gunter Rotstein, o Poeta da Chuva, nasceu no Rio de Janeiro  e mora em Curitiba. Desde pequeno se interessou pela arte, tendo também se dedicado à música, mas escolheu pelo caminho das letras, tornando-se poeta. Atualmente cursa Letras Português-Latim na UFPR (Universidade Federal do Paraná)
Com um certo medo resolvi arriscar-me a publicar o que pode ser definido como eu. Em Sonhos Pluviais o autor expressa, através da poesia, os mais variados temas e emoções, também em forma e estilo variados: do lirismo à narração, das quadras ao soneto, da pureza infantil à perspicácia adulta, tudo visando a extasiar o mais humano dos sentidos: o sentido artístico.
 
Uma Tragédia Sertaneja
Zenilton Bezerra - Jornalista - Carolina do Sul - EUA
Uma Tragédia Sertaneja é o primeiro livro de Zenilton Bezerra. Narra a aberração que é o sofrimento do sertanejo nordestino durante a seca, o desengano à ação política e governamental e o dilema em relação à fé. A história tem como base uma família típica de lavradores do sertão, atingida tragicamente pela prolongada estiagem e suas consequências.
O livro começou a ser escrito em outubro de 1998. Ocorre que o autor botou na cabeça que Uma Tragédia Sertaneja seria escrito na forma poética, numa homenagem à literatura de cordel que ainda domina o sertão nordestino.
Também decidiu que sua obra seguiria o formato usado por Camões em Os Lusíadas, com estrofes de oito versos e rimas em ABABABCC, mas com uma pequena diferença: ao invés dos versos alexandrinos de Camões (de 12 sílabas, muito usados na Idade Média), ele usou a forma dos versos silábicos, fechando cada um dos versos com 14 sílabas.

 

 
Vivências e Devaneios Poemas em des-concerto
Joana Darc Prado - Educadora - São Paulo - SP
A autora apresenta nesta obra uma coletânea de suas produções antigas e atuais, que compõem um livro dinâmico, de leitura que ela denomina “cinética”. A autora afirma que nunca se prendeu a uma escola literária específica, e que adota de cada uma delas o traço com o qual mais se identifica, entretanto é possível perceber na
ocupação dos espaços da página e na formatação de alguns poemas traços que remetem ao concretismo,. Outro diferencial do livro, são os poemas que podem ser enviados como cartões postais, pois fazem parte do livro como encartes ilustrados pelo artista plástico Miguel Bahiense, que desenvolveu uma serie de telas especialmente para o livro. Há também nas belíssimas ilustrações dos postais montagens fotográficas de arquivos particulares da autora. A variedade temática predomina e o livro promete ser algo diferente para os leitores amantes da poesia.
 
+ No estande da ABRALI Edições você encontrará as Antologias Literárias Internacionais editadas pelo Projeto Cultural ABRALI e seus autores.
 
A Rede ABRALI agradece o repasse deste importante convite cultural!
 
www.abralieditora.com   www.rtvabrali.com   www.blog.abrali.com.br
www.abralieditora.com/loja   www.abrali.com   www.radiopoesia.com.br


 

 
ABRALI EDIÇÕES INTERNACIONAIS
Porque Bendito é o que semeia Livros

 

Publicado por Edvaldo Rosa em 01/10/2010 às 23h14
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
01/10/2010 16h31
DESTACADO NO GRUPO ALMA_ARTE POESIA 01/10/2010
RECEBI COM ALEGRIA ESTA HONRA EM 01/10/2010:
 

 

 
 
 
DESTACADOS  DO GRUPO ALMA_ARTE POESIA:
( DE 01/10/2010 )
 
 
 
Wilson de Oliveira -- DEIXEM-ME --  ARTE:  ROSESCA
 
Roze Alves --  FORTALEZA  --  ARTE: NORMA PONTES
 
Nara Pamplona -- CAMINHOS QUE SE ENCONTRAM  --  ARTE: SUDAM
 
Celina Miranda -- QUANDO ESTIVER SÓ --  ARTE :SUDAM
 
Mary Trujillo -- POR QUE ME PERGUNTAS?  --  ARTE:  CLÉIA BARCELLOS
 
Maria Luiza Bonini  --  CONVÉM --  ARTE:  ANGELA WEIKAMP
 
Cibele Carvalho  --  QUERIA ENTENDER  --  ARTE:  MALÚ FRÓES
 
Marly Caldas  --  NA GAVETA DA COMODA  --  ARTE: HELMA
 
Delasnieve Daspet  --  ARES DE SETEMBRO --  ARTE: ADEMIR
 
Maria Nogueira Martinelli  --  NOITE VAZIA  --  ARTE: SUELIBA
 
Marlene Constantino  -- DA MINHA JANELA  --  ARTE: NEUSA SUELI
 
Marlene Constantino  --  APIEDO-ME E CONSOLO-ME!  --  ARTE: MARA PONTES
 
Cida Valadares  --  CREPÚSCULO --  ARTE:  HILDA ROSA
 
Itana Goulart --  FEMEA  --  ARTE: JANINHA
 
Madalena Gomes --  EM PRETO E BRANCO  --  ARTE: MADALENA GOMES
 
Ceres Marylise  --  QUIS  --  ARTE: DENISE MOURA
 
Edvaldo Rosa  --  LEMBRE-SE  --  ARTE: ANA RIDZI
 
Edvaldo Rosa  -- PERDOA-ME  --  ARTE: ANA RIDZI
 
Andréa Maia -- ETERNAMENTE MULHER --  ARTE: ANGELA CONDE
 
Penhah Castro  --  AS ESTAÇÕES DO AMOR  --  ARTE: PAULA CASTEL BRANCO
 
Alzira Miranda & Cervantes  -- ARTE: AlZIRA MIRANDA
 
Alzira Miranda  &  Winslow Homer  --  ARTE: ALZIRA MIRANDA
 
Alzira Miranda  &  Emile Zola  --  ARTE: ALZIRA MIRANDA
 
 
 
 
DESTACADOS ESPECIAIS:
 
 
*ELIANE TRISKA  --  NO DESFILADEIRO  -- ARTE: D. MOURA
 
*AUBER FIORAVANTE JÚNIOR -- CONSAGRADO EMVÊNUS  -- ARTE: ANA RDZI
 
*MARIA THEREZA NEVES --   GIRASSOL  --  ARTE: SUDAM
 
*JOICE GUIMARÃES   --   Série dos FILMES  --   ARTE: JOICE GUIMARÃES
 
*ALZIRA MIRANDA & MACHADO DE ASSIS  -  ARTE: ALZIRA MIRANDA
 
*ALZIRA MIRANDA  &  POEMA  -  ARTE: ALZIRA MIRANDA
 
 
 
* * *

Publicado por Edvaldo Rosa em 01/10/2010 às 16h31
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
16/12/2009 20h14
MENSAGEM DE NATAL PARA TODOS OS LEITORES DE WWW.SACPAIXAO.NET!

MENSAGEM DE NATAL PARA TODOS OS LEITORES DE WWW.SACPAIXAO.NET
 
 
 
 
Venho agradecer a todos os meus leitores, que no decorrer deste ano de 2009, trouxeram a sua colaboração para o desenvolvimento de meu trabalho.
Colaboração esta, que muito tem me honrado, alegrado, estimulado e conduzido pelos caminhos tão áridos da escrita.
Através dos comentários amigos, das parcerias em duetos, das participações em cirandas, pude lapidar o meu sentimento e sentidos a respeito de tópicos novos e diferentes, que fazem parte de nossas vidas, de uma forma ou de outra.
É novamente a época natalina, é oportuno que eu apresente este depoimento, de alegria e contentamento, por tudo o que fizemos juntos neste ano.
Sim, criamos juntos o site  
WWW.SACPAIXAO.NET.
E acreditem nisso, pois é uma verdade! Ninguém faz nada sozinho!
Creio ser oportuno este agradecimento, nesta época, por dois motivos importantes; É quase o fim de um longo ano, onde lutamos muito, quase desesperadamente pelos nossos sonhos.
E para mim a cada momento que passa se consolida o meu sonho: Escrever!
E este sonho só é possível através da presença de leitores...
O segundo motivo é também muito importante: A mensagem do Natal é claramente um chamado para a paz, a união entre os seres humanos, para a lapidação de diferenças, para a comunhão entre pensamentos, sentimentos e almas distintas.
E é assim como sinto o nosso site
,uma união de seres distintos, mas que em algum momento encontram um ponto de comunhão.
Assim, desejo a todos os meus queridos e amabilíssimos leitores o melhor natal de suas vidas, com paz, com saúde, com harmonia em todos os seus momentos nesta vida!
Recebam neste natal as bênçãos de Deus!
Aceitem, por favor, o meu mais caloroso e fraterno abraço!
E não negarei aqui a vontade de reencontrá-los em 2010!
 
Fraternalmente
 

Edvaldo Rosa
16/12/2009
WWW.SACPAIXAO.NET
Edvaldo Rosa
Publicado no Recanto das Letras em 16/12/2009
Código do texto: T1981767

Publicado por Edvaldo Rosa em 16/12/2009 às 20h14
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
26/10/2009 14h16
EDVALDO ROSA CONVIDA O RL PARA A CIRANDA - Projeto Poesias Quadro a Quadro... Participe também com um poema...

EDVALDO ROSA CONVIDA O RL PARA A CIRANDA  -  Projeto Poesias Quadro a Quadro...  Participe também com um poema...

Algumas palavras sobre o projeto Poesias Quadro a Quadro

 
Este projeto foi pensado para trazer á 3° Semana de Artes da Universidade Radial unidade Interlagos dois pontos de vista distintos, o poético e o pictórico.
Ao pintor José Carlos Kronemberger foram apresentados alguns poemas de Edvaldo Rosa com a proposta de que inspirassem alguns quadros.
Ao poeta Edvaldo Rosa foram apresentados alguns quadros do José Carlos com a proposta de que inspirassem alguns poemas.
Esta apresentação é o coroamento desta iniciativa!
Fica a questão, estas duas formas de arte conseguiram se comunicar? E a mensagem em cada uma delas foi entendida claramente?
Esta abordagem foi feita de forma livre, sem imposição de ambas as partes, de formas de conduta procurando preservar a liberdade criativa de cada artista e assim sua individualidade.
É em resumo um exercício criativo que procura trazer a tona sensibilidades, ficando a nós todos, ouvintes das poesias declamadas e apreciadores dos quadros expostos uma terceira opinião também livre e pessoal.
A concepção deste projeto teve origem após ouvirmos a peça Quadros de uma Exposição, escrita para piano por Modesto Mussorgsky em junho de 1874.
Esta suíte foi composta como homenagem á Viktor Hartmann, arquiteto e pintor, amigo de Mussorgsky, que havia falecido em 1873 aos 39 anos de idade.
Em março de 1874, estava acontecendo uma exposição de seus quadros em uma galeria de São Petersburgo.
Após visitá-la, o compositor decidiu fazer uma homenagem ao amigo.
Escolheu dez dentre os quadros expostos e compôs uma música para cada um deles.
Uniu através de um tema comum, o “Promenade” , que significa passeio, as várias partes da peça.
As músicas exploram a corrente folclórica russa e o estilo de piano é inovador em sua austeridade e ausência de tessitura.
Foi composta em uma época em que o piano era instrumento de brilho virtuosístico, e esta suíte foi por um bom tempo ignorada.
Claude Debussy, grande compositor francês, admirador confesso de Mussorgsky e estudou bastante esta suíte, pelo seu caráter singular.
A peça Quadros de uma Exposição descreve, em metáforas, através das notas do piano, um passeio em uma exposição de quadros, tendo os temas como guia.
As músicas isoladas dos quadros são unidas por um tema inicial e por quatro “intermezzo” da mesma melodia, interpretada com diferentes harmonias através da obra.
A obra compõe-se por 16 episódios. E no verão europeu de 1922, a pedido, Maurice Ravel, compositor francês, orquestrou em Lyons-la-Forêt, França o original pianístico da peça. É graças a ele grande parte do sucesso posterior da obra. Ravel não conhecia as orquestrações originais e fez  a sua própria maneira, mas soube extrair da obra a dosagem necessária dos instrumentos e criar sonoridades instrumentais precisas, dentro do espirito do tema.
No ano de 1971, o grupo de rock progressivo Emerson, Lake and Palmer, recordou em um disco ao vivo, uma versão rock da suíte, adicionando novos temas, letras, vocais na obra.
Em 2002 o álbum foi relançado, contendo a versão original e uma nova versão gravada em estúdio.

Convido a todos os poetas do RL para fazerem parte desta exposição virtual, proposta por este projeto Poesias Quadro a Quadro que nesta primeira etapa apresenta o quadro Contemplação de KCOELHO e a poesia Mãe Negra de EDVALDO ROSA, escrevendo também um poema versando sobre o quadro Contemplação ou inspirada nele.

A primeira poesia proposta é:


PROJETO QUADRO A QUADRO: POEMA MÃE NEGRA / QUADRO CONTEMPLAÇÃO ...

Mãe negra...

Poesia de Edvaldo Rosa
Ilustração Contemplação de José Kronernbergue Coelho



Mãe negra de pura alma,
alma cheia de segredos,
mistérios e venturas...
Mãe guerreira,
como as d'outras terras
que também são as tuas...
Mãe meiga,
Mãe candura,
Mãe doçura!
Mãe mistérios,
Mãe força natural e pura!
Mãe venturosa,
Mãe força na lide de viver,
de vencer as dificuldades,
as adversidades da vida
dos tempos de agora!
Mãe querida,
que em tuas noites mais escuras,
nos dias mais tortuosos,
Oxalá lhe estenda Suas luzes radiosas!
E o banhar-se nas águas de Oxúm,
mansas e cristalinas,
lhe retire as dores de tuas costas...
E as de teu coração também possa!
Inhançã varra tuas estradas,
com suas abençoadas forças,
retirando de teus passos
as folhas mortas... Os perigos... As armadilhas...
Feitas por quem nem te entende e nem gosta!
Ossanha forre estes teus caminhos
com outras folhas novas,
mais macias e perfumosas!
Oxumaré a proteja dos inimigos
que tenham se escondido em moitas próximas...
E tanto as viboras quanto seus venenos leve embora!
Omulu cure tuas chagas,
mesmo aquelas que lhe inflingimos
com as faltas nossas!
Que sua alma possa percorrer em paz
os seus caminhos d'alma,
na procura incessante do bem para nós!
Iemanjá possa com as forças de suas vagas,
indicar-lhe sempre os caminhos
nos oceanos de vida,
que por ela existem em todos nós...
E quando teu navegar-caminhar, Mãe andarilha,
te colocar nos picos das montanhas
possa Eua insuflar em teu ser, tua alma, teu peito
o mais puro ar das montanhas...
E que se renove tuas forças!
E que renovada por ela viva...
Solta!
Plena!
Como um pássaro livre e solto,
Águia sob o firmamento,
a ofuscar o sol,
a ofuscar as estrelas!
Oh! Mãe! De minhas vidas inteiras
quando correrdes pelas pradarias,
tenha as armas de Ogúm no peito!
As de Xangô á mostra na mão direita e na esquerda!
Para que não tombes nas guerras que enfrentas!
Para enfim, num plácido e cálido momento,
sorrir, 
brincar,
sentir-se Ibejí...
Sem mácula!
Sem rancor!
Sem medos!
É o tempo, o tempo que se renova...
Te renova!
No seguir inclemente das horas
sejas sempre a Mãe negra de alma pura,
que traz paz a tudo que toca
e em tudo vê luz, vida e encantamentos!


Edvaldo Rosa
02/03/2008

 



 
 

 
 
Edvaldo Rosa
Publicado no Recanto das Letras em 26/10/2009
Código do texto: T1887977


Publicado por Edvaldo Rosa em 26/10/2009 às 14h16
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
29/05/2009 15h08
LANÇANDO O MEU LIVRO PARA TODOS NA INTERNET...

CAMINHANDO COM AS BORBOLETAS...

O 1° Livro solo de Edvaldo Rosa

CAROS AMIGOS RECANTISTAS, CONVIDO A TODOS QUE CONHEÇAM MELHOR O MEU TRABALHO POÉTICO, QUE VENHO DESENVOLVENDO DENTRO DAS PÁGINAS DO NOSSO RECANTO DAS LETRAS E ATRAVÉS DO SITE

WWW.SACPAIXAO.NET .


E AGORA COM MUITO PRAZER E ALEGRIA VENHO APRESENTAR A TODOS O MEU 1° LIVRO SOLO, COM UMA SELEÇÃO DE MINHAS POESIAS.

O LIVRO " CAMINHANDO COM AS BORBOLETAS " FOI EDITADO PELA EDITORA AVBL E ESTA A VENDA EM MEU SITE, AO PREÇO DE RS 25,00.

http://www.sacpaixao.net/livros.php

CONTO COM A ATENÇÃO E O CARINHO DE TODOS, ESPERANDO UM CONTATO PELO EMAIL DO SITE, QUEM DESEJAR O LIVRO, ELE SERÁ ENVIADO VIA CORREIO, COM AS DESPESAS POSTAIS POR CONTA DO AUTOR.

EM MEU EMAIL EM RESPOSTA AOS INTERESSADOS ENVIAREI AS INFORMAÇÕES PARA PAGAMENTO, QUE SERÁ DEPÓSITO EM MINHA CONTA CORRENTE.


UM ABRAÇO FRATERNO A TODOS!

 
EDVALDO ROSA

WWW.SACPAIXAO.NET

 

Publicado por Edvaldo Rosa em 29/05/2009 às 15h08
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Página 2 de 10 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 [«anterior] [próxima»]